30 de dezembro de 2017

PESSOAL | O meu 2017

Escrevi aqui que 2016 havia sido um ano fantástico. Arrisquei-me a intitulá-lo de melhor ano da minha vida e a verdade é que foi. Mas, passado um ano, 2017 foi capaz de me surpreender e deixar em mim memórias e experiências que me deram tanto! Se em 2016 as palavras que melhor haviam definido o ano tinham sido gratidão e felicidade, assumo que 2017 ficou repleto de aventura! Porque, por entre tudo o que este ano me deu, há doze momentos que quero registar como aqueles que mais o marcaram.
1. O aniversário da minha #princesaG 
Depois de em 2016 ter recebido o melhor presente de todos, foi em Março deste ano que ajudei na preparação do primeiro aniversário dela! E o prazer e felicidade que isso me deu foi algo que nunca esquecerei. Vê-la admirada e a sorrir (por vezes) por sentir que naquele espaço estava uma quantidade enorme de amor por ela foi maravilhoso! São, sem dúvida, estes momentos que enchem o coração e nos dão a certeza de que estamos a fazer o correcto. 
2. A resposta do meu SVE e a saída do trabalho
É irónico pensar que fiquei feliz por deixar o trabalho que tinha, mas isso era algo que sabia, à priori, que iria acabar por acontecer durante este ano. Aguardava uma resposta positiva do SVE para já ter em mãos o plano A mas, caso isso não se concretizasse, acredito que iria acabar por procurar um plano B. Sabia que precisava de mudar de vida e de rotina. Precisava de procurar algo de mais e melhor e tudo acabou por se desenrolar da melhor forma! 
3. A ida à Queima das Fitas de Coimbra
Vivi uma semana de loucura. Uma semana em que voltei, simplesmente, a ser uma estudante universitária a viver uma nova experiência, na melhor cidade académica do país! Dias e noites na companhia da minha P. a viver tudo ao máximo. Fui tão, mas tão feliz durante aqueles dias! Foi mesmo, a realização de um objectivo. Era algo que queria viver à imenso tempo e este foi o ano certo.  
4. Os momentos entre Rainhas 
Rainhas é o título que damos ao nosso grupo de amigas e em 2017 foram alguns os momentos que tentamos criar para estar juntas e aproveitar! Lembro-me, com um coração cheio, do nosso brunch em Viana do Castelo, o nosso dia fit com uma caminhada e um pic-nic maravilhoso, o nosso almoço numa hamburgueria que adoramos e uma sobremesa repleta de calorias, a nossa Pijama Party, os cafés onde as gargalhadas são sempre uma constante... são momentos assim que valem a pena e nos mostram o quão bem rodeadas de pessoas fantásticas está a nossa vida! 
5. A minha primeira corrida 
Se um ano antes me tivessem dito que iria passar um fim-de-semana a Lisboa para participar na Corrida da Mulher e percorrer cinco quilómetros, eu teria dito à pessoa para parar de beber, parar de consumir e que se fosse tratar! Pois bem, a verdade é que, foi em 2017 que realizei isso! Realizei algo que até à uns tempos seria completamente impensável! Mas, este momento foi, sem dúvida, um dos momentos mais bonitos do meu 2017! E, mesmo se agora estou em baixo de forma, não desisti de continuar num estilo de vida mais activo e sei que a partir de Janeiro, farei de tudo para que seja diferente! 
6. A ida a Lisboa em família 
Passados tantos anos a dizer que seria daquela vez que visitaríamos a capital, foi em Maio que organizei a escapadinha que tenho por hábito fazer com os meus pais e rumamos a Lisboa, durante uma semana para a visitar! Já levava tudo minimamente preparado e foi bom ver o entusiasmo dos meus pais a (re)descobrir a cidade passados vinte anos da primeira ida. Foi bom conhecer melhor a capital, admito. Mas, isso trouxe-me também ainda mais a certeza de que prefiro o meu norte e, essencialmente, o meu Porto! Mas, é sempre bom conhecermos a capital do nosso país certo?
7. As longas férias de Verão 
Visto que saí do trabalho no final de Maio e somente em Setembro iria iniciar o SVE, tive uns quatro meses de férias que me souberam pela vida! Senti que tinha voltado à escola e ali estava eu pronta para aproveitar as "férias grandes". Mesmo se houve muita coisa que podia ter sido melhor aproveitada, foram muitos os dias de praia, a fazer companhia à minha P. e algumas as noites de saídas. Já não tinha férias assim à imenso tempo e admito que foram meses que me souberam pela vida! É sempre tão bom vivermos momentos que marcam o nosso Verão! 
8. Momentos do Verão 
E foram exactamente nessas longas férias que guardei na memória instantes imensamente felizes! Por entre dias repletos de areia e mar, onde vi o pôr-do-sol imensas vezes e vivi histórias deliciosas com a P. Por entre os dias em família em que os aproveitei ao máximo com a minha #princesaG. Por entre um fim-de-semana de despedidas entre amigas... Este Verão ficou guardado na memória com muito, muito carinho! 
9. O primeiro Intercâmbio 
Fiz o meu primeiro intercâmbio antes de abraçar o SVE. Apesar de ter vivido o mesmo "em casa", foram dias muito bons, felizes e repletos de boas memórias! Conheci pessoas que guardo na memória e tive a sorte de ainda fazer amigos. Ali tudo foi vivido ao máximo e, acima de tudo, deu-me a certeza de que aquele era o meu caminho e seria capaz de abraçar o meu novo desafio de braços abertos! Assumo com muito orgulho de que, se houve momento em que cresci muito, esta experiência foi, sem dúvida, um deles!  
10. A partida para o SVE 
A maior aventura da minha vida, até hoje. Larguei a minha terra, a minha zona de conforto, a minha família e os meus amigos. Viajei até ao meu país natal para iniciar uma aventura de Serviço Voluntário Europeu durante doze meses. Levei na mala o receio mas depressa o fui perdendo pelo caminho. Passados três meses sei, dia-após-dia, que tomei a decisão certa! 
11. Visitar locais da França, na época de Natal 
Foi com a aventura do SVE que me foram surgindo oportunidades de fazer algo que já à muito ambicionava. Visitar mercados de Natal e, nomeadamente, visitar Paris na época de Natal. Assim sendo, a ida a Strasbourg e a Colmar, num fim-de-semana repleto de mercados de Natal, de espírito natalício e de tantas outras memórias foram a realização de um sonho! Mas, para juntar a isso, ainda pude visitar Paris e as suas Galeries Lafayette nesta altura do ano e assim ver ao vivo o tão célebre pinheiro de Natal e as vitrinas da superfície comercial.  
12. A família que criei em França 
Com o meu SVE encontrei pessoas e fiz amigos que sei, à priori, que ficarão para a vida! Passaram a ser as pessoas a quem chamo, lá, de família. São aqueles com quem partilho o dia-a-dia, que me fazem companhia nas horas das refeições, que me dão um abraço quando mais preciso e que me fazem rir até doer a barriga. A residência é a nossa casa e nós somos a família que se formou e que lá vive. E admito que, até nisso, tive a maior sorte do Mundo! 
2017 foi um ano de surpresas. Boas surpresas. Um ano de aventuras e descobertas. Um ano de novos desafios, de novos rumos e de muito auto-conhecimento. 2017 foi o chamado ano da mudança e é muito bom sentir que não me arrependo de nada ♥ Agora, resta-me desejar-vos um Feliz Ano Novo !