16 de março de 2017

LIVROS | Calm

2016 | Michael Acton Smith | [Escala pessoal: 9/10]

Sinopse (aqui)
A vida moderna tem um ritmo alucinante, e entre o excesso de trabalho, o trânsito, os e-mails sem fim, os miúdos a fazer birra antes de dormir… nunca houve uma altura em que fosse mais urgente descobrirmos onde fica o nosso botão de "pausa". Calm é o livro que lhe vai ensinar a recuperar alguma paz, espaço interior e… calma. Um livro cheio de pequenos truques, dicas, ferramentas e hábitos que vão mudar a sua vida. Um guia prático e irresistível à mindfulness do século XXI.
Opinião
Tive conhecimento deste livro pela blogosfera. O que ouvia era somente coisas boas e, por isso, esta foi a prenda de aniversário de mim para mim. Li-o apenas à noite, antes de dormir e se há coisa que me fui apercebendo ao longo das noites em que ia lendo, é que, de cada vez que me deitava e acabava por adormecer, sentia-me calma e repleta de mensagens positivas!
Este livro é um autêntico poço de energia positiva! Aqui só encontram mensagens positivas que estão divididas por oito capítulos: Natureza, Sono, Viajar, Relacionamentos, Trabalho, Crianças, Criatividade e Alimentação. Ou seja, ao longo das 224 páginas, encontramos truques, mensagens, dicas, exercícios e animações que nos transmitem paz, serenidade, felicidade e calma!  
O livro é completamente direccionado para a prática da meditação e, na verdade, muitas vezes somente depois de ter acabado de ler é que reparava que, sem querer, estava a adquirir práticas que estão interligadas com a mesma. Aquela sensação de mente vazia e despreocupada, a respiração controlada e de forma calma... pequenas alterações no meu comportamento que surgiam somente por estar ali uns minutos a ler o conteúdo do livro! Aliás, foi mesmo este livro que me fez ter uma vontade enorme de me iniciar na meditação, apesar de ainda não ter começado (devido à falta de tempo, admito!). 
Mas, para terminar só vos posso dizer que este foi um dos melhores livros que já li e guardo-o na minha estante com um carinho especial. Porque, no fundo, sinto que chegou na altura certa e deu-me aquilo de que eu efectivamente precisava! É uma lufada de ar fresco na nossa vida, acreditem! Leiam e irão sentir-se muito mais livres, felizes e em paz!