14 de dezembro de 2016

FILMES | A Canção de Lisboa

Trailer [2016 | IMDB: 6,4/10]

Sinopse (aqui)
Vasco vive da mesada das tias que vivem no Porto, que acreditam que o sobrinho é um aluno exemplar e que em breve se tornará um médico de renome. Mas ele, que raramente aparece nas aulas, prefere as festas e saídas à noite aos livros e calhamaços da faculdade. Divide ainda o seu tempo com Alice, a filha de José Caetano, candidato a Primeiro-ministro. A rapariga é a tentação de Vasco, mas o pai dela faz de tudo para arranjar melhor partido para a filha. Tudo parece correr bem até ao dia em que Vasco volta a chumbar o exame de final de curso ao mesmo tempo que recebe a notícia da visita das tias a Lisboa. Sem saber muito bem o que fazer para sustentar a mentira, o rapaz vai ter de usar de grande talento para as convencer de que o dinheiro que durante todos este tempo elas gastaram com ele foi bem empregue e que ele agora é um médico formado com uma carreira promissora pela frente…
Opinião
O terceiro filme da trilogia “Novos Clássicos” foi uma adaptação da comédia homónima de Cottinelli Telmo, A Canção de Lisboa, datado de 1933. Foi O filme português de 2016 e depois de ter gostado imenso do Pátio das Cantigas, em 2015, fiquei super curiosa por ver este. Pois bem, lá fui eu ao cinema e posso dizer-vos que, no geral, gostei! 
Não o achei tão divertido como o Pátio das Cantigas, mas achei que a história poderá, realmente, ser o retrato de alguns dos estudantes que andam por essas universidades. Quantos e quantos não viverão a dizer que já terminaram os cursos quando, na verdade, vivem a chamada boa vida? Além disso, é de realçar a forma fantástica como o César Mourão desempenha o seu papel! Dá ao público a oportunidade de rir imensas vezes somente por pequenas coisas tão características dele, por isso, ser ele a desempenhar o papel principal foi, sem dúvida, uma mais-valia para o filme! 
Por fim, o amor! O amor que nós portugueses tanto estimamos. O amor que a personagem descobre ser possível de se sentir por encontrar a pessoa da sua vida. A brasileira que o conquista e que faz com que ele sinta coisas que outrora desconhecia. É uma comédia bem divertida e, admitamos que é sempre bom, vermos os nossos portugueses a realizarem coisas tão boas que nos prendem ao ecrã!