4 de outubro de 2016

VIAGENS | [Férias'16] Um Dia em Genebra



Antes de iniciar os post's sobre a viagem das minhas férias, quero dizer-vos que decidi dividir esta viagem em três dias diferentes na Suíça, sendo que passamos um dia em cada cidade e o resto é um leque dos dias em Paris.
Iniciamos a nossa aventura, minha e da Patrícia, às duas e meia da manhã quando saímos de casa a caminho do aeroporto. Às seis e meia da manhã estávamos no avião e às dez da manhã pisávamos solo suíço. A viagem correu muito bem e foi muito giro ver todas as montanhas que fazem parte da Suíça do céu. Ainda por cima, era visível a neve que lhes cobria o solo... 
Depois de termos recuperado as malas, procuramos o comboio que nos levava até ao centro e, até viajamos em primeira classe, sendo que deveríamos de ter ido em segunda :p mas não fomos os únicos portugueses a fazer isso! Assim que lá chegamos, fomos guardar as malas num cacifo da estação, visto que seria impossível andarmos o dia todo com aqueles pesos connosco ahaha




Seguimos para a Praça das Nações onde encontramos a tão célebre Cadeira Quebrada em que a falta de uma das pernas simboliza a luta contra o uso e a fabricação de minas. Mesmo em frente encontra-se o edifício das Nações Unidas que é a sede europeia da ONU.





Almoçamos naquela zona e, de seguida, fomos ao Parc des Bastions. Neste parque vimos imensos universitários que aproveitavam para descansar deitados na relva, uma vez que aqui podemos encontrar edifícios da Universidade de Genebra e também muitos idosos e pessoas de negócios que aproveitavam a hora de almoço para jogar damas e xadrez com uns tabuleiros que estão pintados no chão e que são mesmo giros!

É também neste parque que se encontra o Muro dos Reformadores que é uma homenagem aos líderes protestantes da história da humanidade.
Saímos do parque e decidimos percorrer algumas ruas. Andamos pela parte velha da cidade e seguimos caminho até à catedral da mesma.










A meio da tarde já tínhamos visto o essencial daquilo que tínhamos planeado e só nos faltava o Jet D'Eau. No entanto, a sorte não estava do nosso lado e, devido ao vento que se fazia sentir, o mesmo não estava a funcionar... Por isso, acabamos a simplesmente caminhar pela zona do lago onde se percebe o quão fantástica é a cor daquela água!

Antes de regressarmos à estação de comboios para partirmos para o local onde íamos ficar, ainda fomos visitar o Monumento Brunswick que é o túmulo do duque alemão Carlos II de Brunswick, uma figura importante que viveu seus últimos anos em Genebra.



Genebra não me conquistou. Não a achei linda de morrer e senti-a pobre em aspectos que pudessem prender os turistas. Falta-lhe aquela química que outras cidades tem. Não passou a ser uma das cidades que faça questão de regressar, mas pelo menos fiquei a saber disso e é sempre bom conhecer novos locais!


___________________________
Mais sobre esta viagem:

| Um dia em Genebra | Um dia em Berna | Um dia em Lausana |
| Paris #1 | Paris #2 | Paris #3 | Paris #4 | Paris #5 | Paris #6 | Paris #7 | Paris #8 | Paris #9 |