23 de setembro de 2016

VIAGENS | Centro Litoral # Parte 4

[Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4]
Depois dos locais fantásticos que visitamos anteriormente seguimos para Peniche. Já lá tinha estado, numa altura da minha vida em que fui muito feliz, por isso, tinha algum receio de lá voltar, pois sempre ouvi dizer que não se deve voltar a locais onde já fomos felizes, mas...







voltei e correu tudo muito bem! A pessoa com quem lá tinha estado já não faz parte da minha vida e, admito que, foi estranho voltar a locais onde tinha partilhado coisas, mas esta ida provou-me, de facto, que o facto de lá ter sido feliz outrora e com outras pessoas, que não podia lá voltar e obrigatoriamente excluir esta cidade deste roteiro. 
Passamos a manhã a dar a volta à cidade, que nos leva para paisagens fantásticas onde a natureza e o mar reinam. E, depois, mais uma vez andamos a vaguear pelo centro, não deixando de passar pelo mercado que achei bastante vazio. 
Antes do almoço ainda demos um salto à Praia do Baleal que me era totalmente desconhecida e que adorei! É uma daquelas praias que não apetece de lá sair por ser tão pitoresca e bonita.
Durante a parte da tarde visitamos o Forte de Peniche que tem uma grande ligação à história do nosso país, por ter servido outrora como prisão política no regime de Salazar. Tem um museu que se pode visitar e onde se fica a conhecer melhor a história dos tempos que por lá se viveram, assim como existem escritos várias histórias dos homens que de lá conseguiram fugir. É um local bonito e aquilo que Peniche melhor nos pode dar relacionado com a história de um país que não conta assim tantos anos. 

Terminamos assim a nossa visita a estes locais fantásticos do nosso país sem perder a oportunidade de, no regresso a casa, para em Fátima - como bons portugueses que somos!. Já não visitava o Santuário há bastante tempo e, além disso, foi a oportunidade de matar saudades de uma pessoa especial. 
Foram dias felizes, com a minha família e com muitas recordações para guardar!