1 de agosto de 2016

MESES | Agosto 2016


Meu querido, mês de Agosto... quem não ouviu já esta expressão? E porque é que este mês é tão querido a tantos? Por simbolizar o regresso! Por ser sinónimo de férias, de família, de festas, de boa-disposição, de águas frescas (...) é o mês dos nossos queridos emigrantes. Daqueles que, depois de um ano a trabalhar, regressam às suas raízes para encher as aldeias e as vilas de movimento, barulho e animação; para matar saudades dos que por cá ficaram; para rever amigos e criar novos laços. É a altura do ano em que a placa das estradas que diz PORTUGAL faz mais sentido e aquela em que, quando é vista pelas costas, faz com que a lágrima caia. É o ânimo de voltar e a tristeza de partir. É viver um mês de animação, sem pensar nos problemas que fazem questão que fiquem lá.

A verdade é que, mesmo vivendo sempre no nosso país, este mês de Agosto tem um encanto diferente. Revê-se família e amigos, fazem-se jantaradas, combinam-se saídas. Vivem-se as festas de forma intensa, comem-se as farturas, dança-se até que o corpo não possa mais e é-se feliz! Combate-se o calor por entre as bebidas frescas e um mergulho no rio ou na praia. Falam-se línguas que nos são queridas. Conhecem-se pessoas e criam-se amizades. Que venha Agosto! Que traga tudo isto e boas memórias. Mesmo sendo um mês em que não haverá férias, tenciono aproveitá-lo ao máximo e aconselho-vos a fazer o mesmo porque não tarda, já Setembro está cá para relembrar que é hora da rotina.