10 de abril de 2016

CONCERTOS | D.A.M.A




Ontem à noite fui ver um concerto dos D.A.M.A na Casa das Artes da minha localidade. Uma vez que o espaço é um pouco pequeno, estava à espera de um concerto mais minimalista, intimista e acústico. Qual não foi o meu espanto quando, afinal, assisti a um concerto fantástico, com efeitos de luz, de som e uma energia contagiante.

É certo que houve um ambiente mais tu cá tu lá por estarmos todos mais próximos, mas no fundo parecia que estávamos simplesmente a ver uns amigos a atuar. Muita conversa, umas quantas gargalhadas, música optima e corpos a querem dançar ao ritmo do som. Além disso, é perceptível ver toda a emoção que eles passam nas letras que cantam e isso, no fundo, faz com que o público se reveja por vezes, nas suas palavras! E isso é bom não é?

Foi um concerto fantástico, que me surpreendeu completamente! Já tinha visto um concerto deles no início de todo o reconhecimento que eles já atingiram e posso dizer que não teve mesmo nada a ver com o concerto de ontem. Na altura, eram os três a cantar a Balada do Desajeitado e agora são os três acompanhados de uma banda maravilhosa com músicas que me deixaram com uns sorrisos! E, no meio de tudo isso, é igualmente bom ver que saem dali letras das quais gosto muito em língua portuguesa!
Não fosse ter partido o ecrã do meu telemóvel e tinha imensos vídeos para partilhar convosco! --' e o pior é de tudo é nem saber como tal aconteceu! Mas pronto, isto é conversa para outra altura..