6 de setembro de 2015

LIVROS | Os meus problemas



2015 | Miguel Esteves Cardoso | [Escala pessoal: 4/10]

Sinopse (aqui)
«Não se pode ter muitos amigos. Mesmo que se queira, mesmo que se conheçam pessoas de quem apetece ser amiga, não se pode ter muitos amigos. Ou melhor: nunca se pode ser bom amigo de muitas pessoas. 
Os amigos, como acontece com os amantes, têm de ser escolhidos. Pode custar-nos não ter tempo nem vida para se ser amigo de alguém de quem se gosta, mas esse é um dos custos da amizade. O que é bom sai caro.» 
Opinião
A curiosidade de ler algo de Miguel Esteves Cardoso era muita! Por isso, assim que me deparei com um livro dele na feira do livro do continente, nem pensei duas vezes. Iria ser aquele o primeiro livro a ler. 
Gosto de crónicas. Gosto de opinião. Gosto de ler sobre o que é, o que foi e o que será. Gosto de ler realidade. Gosto de ler textos com um toque de cinismo e comédia. Este livro junta isso tudo. Uma escrita leve, que me levou a dar algumas gargalhadas em alguns capítulos. Não foi dos melhores livros que li, mas também não foi totalmente uma desilusão. Tem capítulos dos quais gostei mais e outros de que gostei menos. Escreve sobre política, economia, amor, amizades, mulheres, homens… há uma variedade de temas que são abordados e isso foi mesmo aquilo de que mais gostei no livro. 
Já li várias opiniões de que este não é o melhor livro do autor, por isso, tenciono ler pelo menos mais dois livros do mesmo. Assim que nos devorar, venho cá contar-vos tudo! Vocês já leram algo deste autor?