31 de agosto de 2015

Lá se vai Agosto


Nunca vi um mês de Agosto e, consequentemente as chamadas “férias”, passarem tão depressa. Estava num pé com o início de Agosto e com outro já no fim. O tempo voou! Foi essa a sensação com que fiquei deste mês.
Por entre umas meras três idas à praia (em que o tempo nunca foi bom! –‘), pelas Festas do Concelho, pelos fins-de-semana passados fora e por este mau tempo que se abateu em nós nestes últimos dias, o Agosto já lá vai e despede-se de nós com a lágrima no canto do olho, ansiando apenas pela chegada do próximo ano. 

Agora, volta-se à rotina. As escolas já estão prontas para receber os estudantes e os trabalhos batem palminhas pela chegada dos trabalhadores. Voltamos ao ritmo a todo o gás e começa-se a contar os dias para umas fériazinhas no Natal. É essa a velocidade a que correm as vidas da maioria dos comuns mortais, com excepção para mim e para uns quantos que passaram as chamadas “férias” a trabalhar. 

Não me queixo. Foi bom! O lado mais negativo foi mesmo o de o tempo ter passado tão depressa. Para o ano diz que há mais e aí espero poder ter as minhas merecidas “Férias de Verão”. Até para o ano, Agosto!