16 de julho de 2015

VIAGENS | Páscoa em Coimbra #2

[ # parte 1 | # parte 2 | # parte 3 ]
Os dois dias seguintes foram para visitar a cidade e os monumentos que tínhamos escolhido, assim como aproveitar as pequenas coisas que a cidade tinha para nos oferecer. Começamos por percorrer as ruelas e ruas que preenchem Coimbra e onde cada uma delas parece ter algo para nos ensinar e dar a conhecer.





Após a subida das Escadas Quebra-Costas fomos dar à Sé Velha de Coimbra onde a imagem que me vinha à cabeça é aquela de quando se realiza a Monumental Serenata e todo aquele espaço fica coberto de capas negras. Deve ser f-a-n-t-á-s-t-i-c-o!
E por falar nos estudantes de Coimbra, claro está que fomos visitar a Universidade de Coimbra, porque ir àquela cidade e não visitar a Universidade é quase como que ir a Roma e não ver o Papa :p E aí está outro monumento que me deixou com os olhinhos a brilhar. É uma daquelas sensações! Depois de tanto termos visto aquela imagem em fotografias, ali está ela, bem à nossa frente! Fizemos a visita completa e aquilo de que mais gostei foi da Biblioteca Joanina. É fascinante pensar nos cerca de 70 mil volumes que lá se encontram, em todas as pessoas que por lá já passaram e em toda a história que envolve aquele local.
Subi à Torre da Universidade que é carinhosamente tratada por Cabra pelos estudantes e a vista é maravilhosa! Vemos Coimbra do alto e posso garantir-vos que nos apaixonamos ainda mais pela cidade.

Seguimos para o Jardim da Sereia que, na minha opinião, precisa de alguma manutenção. Visto que é um jardim em plena cidade de Coimbra, as flores eram muito poucas e encontra-se bastante debilitado. No entanto, há sempre ângulos bons para se tirarem umas fotografias. 
Algo que gostamos de fazer quando visitamos um local novo é observar a vida dos seus habitantes e assim que percebemos que o mercado estava aberto, não hesitamos em espreitar o ambiente e em comprar alguns produtos frescos para o jantar. O mercado é bastante grande e está muito bem dividido e até escadas rolantes possui! Isto lá em Coimbra é de outro nível! :p

Para terminar este longo dia, ainda fomos visitar o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, ao qual já tinha ido numa visita escolar, mas que encontrei de forma diferente. Na altura ainda se encontravam a recuperar as ruínas e gostei de lá voltar, depois do trabalho concluído. Além disso, algo de que também gostei foi o vídeo explicativo que é possível assistir no início da visita, onde se consegue ter a percepção de toda a história que envolve o mosteiro.