14 de maio de 2015

SÉRIES | Grey’s Anatomy








[2005 | IMDB: 7,7/10]
Quem por aqui não ouviu já falar desta série ou já teve curiosidade em espreitar uns episódios? E há alguém por aqui que se acuse como um grande aficionado da mesma? 
Eu acuso! Completamente! Comecei por ver esta série episódio aqui, episódio acolá. Nada muito certo nem seguindo o tempo da história. Até que um dia, depois de já ter deliciado uns quantos episódios, dediquei-me a ver a série desde o seu mais remoto início. Pois bem, posso vos dizer que me prendeu de tal forma que passei noites a ver episódios atrás de episódios. 
Foi a primeira série que vi “de verdade”. De tal forma que, às tantas, já me via a partilhar os sentimentos das personagens, a viver as suas vidas e achar que também eu era mais uma das médicas daquele hospital. A série viciou-me e, mesmo após tantos anos e tantos episódios, continuo a ficar com os nervos em folha até que um novo episódio saia. 
Esta série marcou-me e sei que, no dia em que acabar, há um fascínio por todas aquelas histórias que deixará de existir. Já me ri muito com ela, mas também já chorei umas quantas lágrimas. E, no fundo, acho que aquilo que mais me faz vibrar com a série e com todo o seu enredo é o facto de, em cada episódio, eu conseguir tirar uma lição ou um pensamento. Esta série é a série da minha vida, por muitas que ainda possa gostar e possa ver. Afinal, já lá vão 10 anos de aventuras, de mistérios, de segredos, de aprendizagem, de gargalhadas e de lágrimas. Se quiserem mais informações sobre a série, podem clicar aqui.